Dicas
03 set 2018

Arte de carnaúba em destaque na A Casa, Museu do Objeto Brasileiro

Exposição inédita mostra o trabalho com palha de carnaúba de artesãs que convivem com a seca

Mostra “A Casa AMA Carnaúba” é uma parceria entre a água AMA e A CASA museu do objeto brasileiro; Projeto começou com o acesso à água em comunidades do semiárido e busca o desenvolvimento da região

Arte de carnaúba em destaque na A Casa, Museu do Objeto Brasileiro

O talento de artesãs que trançam com maestria a palha de carnaúba, árvore nativa do semiárido, será apresentado na exposição A Casa AMA Carnaúba, a partir de 5 de setembro, em São Paulo. Bolsas, mesas, luminárias, pufes, cestos, tapetes e outros objetos exclusivos são feitos manualmente pelas moradoras do Vale do Jaguaribe, a cerca de 180 quilômetros de Fortaleza, Ceará. A exposição é uma parceria da A CASA museu do objeto brasileiro com AMA, água mineral que investe todo seu lucro para levar água às famílias do semiárido e ajudar no desenvolvimento da região.

Capacitação de artesãs

No início de 2018, AMA e A CASA começaram um trabalho de capacitação e inovação do artesanato feito com palha de carnaúba com cerca de 90 artesãs em Sítio Volta, Sítio Caiçara e Santa Luzia, além das cidades vizinhas Itaiçaba e Palhano. Sítio Volta e Sítio Caiçara, no município de Jaguaruana foram as primeiras comunidades atendidas por AMA. Por lá, a marca de água construiu poços profundos e sistemas de distribuição de água gerados por energia solar. No trabalho de capacitação, as artesãs aprenderam sobre processo de criação e precificação das peças e participaram de oficinas de trançado, tingimento e costura.

A parceria com A CASA ajudou a aprimorar o artesanato típico do semiárido e garantir um valor agregado maior para as peças vendidas. Há mais de 20 anos o museu paulista promove o artesanato brasileiro com exposições e ações em diferentes comunidades, compartilha conhecimento e, principalmente, valoriza a diversidade de técnicas tradicionais encontradas em cada região do país. O museu convida designers de artesanato que trazem a produção artesanal tradicional para o contemporâneo, mas sem que haja alterações nas técnicas já dominadas pelo artesão.

Novas criações, mesmo talento

O designer de artesanato Renato Imbroisi, que trabalha há 30 anos com comunidades, cooperativas e associações, assina a curadoria do projeto. A coordenação é de Eliane Guglieme e a supervisão de Renata Mellão, diretora geral d’A CASA. “O que mais me surpreendeu nesse projeto foi o envolvimento da comunidade e o potencial de transformação local que pudemos proporcionar a eles”, revela Renata. Desde o início do ano, o trio uniu-se às designers Liana Bloisi, Cristiana Pereira Barreto, Lui Lo Pumo e Tina Moura, e ao mestre-artesão João de Fibra. Nos últimos meses, o grupo trabalhou com as artesãs para que as peças fossem produzidas com novas cores, diferentes tipos de trançado, grafismos e maior variedade de produtos.

“Em alguns desses locais, as artesãs restringiam sua produção a chapéus e vassouras. A partir desse trabalho, em pouquíssimo tempo, elas se aperfeiçoaram e expandiram sua produção, multiplicando sua cartela de produtos e, consequentemente, seus retornos”, completa o curador Renato Imbroisi.

Com o trabalho nas cinco comunidades, o projeto proporcionou a troca de saberes e experiências entre os pequenos povoados. Cada uma delas ficou responsável por coleções específicas. Enquanto algumas produziram peças com a fibra natural para a fabricação de bolsas, mesas e bancos, outras especializaram-se na criação de cestos, de diferentes tamanhos e modelos. Já as artesãs de Itaiçaba e Palhano criaram produtos feitos com palha de carnaúba tingida: são luminárias, pufes, cestos, tapetes e esteiras de cores vivas. Todas as peças estarão à venda na exposição.

Todo o projeto, desde a capacitação das artesãs até os objetos da mostra, está registrado no livro A CASA AMA Carnaúba, que também estará disponível no museu.

A Carnaúba
A carnaúba é símbolo de resistência e longevidade. A árvore é nativa do bioma caatinga e consegue se adaptar ao clima semiárido da região por suas raízes profundas. Dela se aproveita tudo: folhas, tronco e raiz. Sua madeira é utilizada na construção de casas e algumas peças de marcenaria; suas raízes, segundo a cultura popular, tem propriedades medicinais.

Das folhas, além da palha que é utilizada para o artesanato, extrai-se a cera de carnaúba, matéria-prima utilizada na composição de produtos para polimento, lubrificantes, vernizes, tinturas e cosméticos. Esse tesouro nordestino é, ademais, sustentável: todos os possíveis processos de utilização de seus recursos não são agressivos ao meio ambiente e as árvores preservam o solo contra a erosão.

Sobre o museu 
Há mais de 20 anos, A CASA museu do objeto brasileiro realiza projetos junto a comunidades e associações de artesãos de várias regiões do País. A instituição, que não possui fins lucrativos, tem como missão o reconhecimento, a valorização e o desenvolvimento da produção artesanal e do design brasileiro. Com o objetivo de preservar a memória cultural desses ofícios e preservar técnicas únicas, o museu busca transmitir e multiplicar as tradições de cada região e, consequentemente, gerar rendas às comunidades.

Vamos começar a valorizar mais nossos museus e visitar com mais frequência? Fica a sugestão para ir já essa semana!

Serviço
A CASA AMA Carnaúba
Abertura: 5 de setembro de 2018, às 19h
Visitação: de 6 de setembro a 4 de novembro de 2018
Endereço: Avenida Pedroso de Morais, 1216 – Pinheiros, São Paulo, SP
Horário: de terça a domingo, das 10h às 18h30

Dicas
31 ago 2018

Quando e como usar guarda móveis

O que é um guarda móveis?

A falta de espaço nos imóveis é um problema que está crescendo cada vez mais, especialmente nas grandes cidades, como São Paulo. As pessoas estão se mudando para locais cada vez menores devido ao maior número de pessoas vivendo em centros urbanos e ao aumento do valor do metro quadrado.

Para resolver esse problema, foram criados os guarda móveis. Essa nova solução chegou ao Brasil em meados da década de 90. O guarda móveis ou self storage é, basicamente, um lugar com vários boxes que qualquer pessoa, seja ela física ou jurídica, pode alugar. Nesses boxes, você pode armazenar vários tipos de itens. É possível encontrar boxes de diversos tamanhos. Assim, todas as necessidades e todos os bolsos podem encontrar o box mais adequado para o que precisa guardar.

Além de um espaço extra para seus pertences, o self storage é uma ótima opção por oferecer segurança, praticidade e privacidade. A proposta é muito popular nos Estados Unidos, onde o self storage existe desde 1975. Aqui no Brasil, eles são cada vez mais procurados e crescem cada vez mais.

O que armazenar em um guarda móveis?

De modo geral, pode-se dizer que qualquer objeto pode ser armazenado no box de self storage, contanto que não seja perecível, vivo ou perigoso. Dito isso, conheça algumas das melhores maneiras de resolver seu problema de falta de espaço:

Arquivos mortos

Muitas empresas precisam guardar certos documentos e contratos por um período. Para manter sua empresa devidamente regularizada, o self storage é uma boa maneira de guardar todos esses papéis sem ocupar outras salas. Um fator importante a se considerar é que os documentos ficarão protegidos contra ações do tempo e seguros, já que apenas o locatário fica com a chave do box e o local conta com monitoramento por câmeras 24h por dia.

Se for preciso fazer qualquer procedimento de vistoria ou higienização dentro do box, você será avisado antecipadamente e todo o procedimento acontecerá em sua presença, para garantir a privacidade e a segurança dos seus pertences.

Tudo isso faz com que a armazenagem de arquivos mortos seja uma das principais funções do self storage para as empresas. Isso vale para médias e grandes empresas, além de profissionais que trabalham sozinhos ou com alguns colegas. Eles costumam trabalhar em espaços bastante reduzidos, onde é praticamente impossível armazenar tantos documentos.

Móveis

Você tem móveis que não sabe onde colocar, mas quer se desfazer deles por serem itens de valor sentimental? Sua empresa tem um estoque de móveis e itens, mas não há espaço suficiente para armazená-los? Mudou-se para um imóvel menor e não quer se desfazer dos móveis que não cabem na casa atual? Quer proteger seus móveis durante uma reforma? O self storage é a solução!

Objetos de alto valor

Vai passar um tempo fora de casa? O que acha de deixar suas obras de arte e joias em um lugar totalmente seguro? Na empresa de self storage, é possível alugar um box para guardar suas coisas por um bom custo-benefício.

Os funcionários da empresa de self storage podem recomendar e fornecer as embalagens mais adequadas para você guardar seus pertences! Depois, você pode colocá-los em caixas, malas ou armários — que você também pode obter com a própria empresa de armazenamento.

Dicas
29 ago 2018

Programação Mobly no Design Weekend (DW!)

Design de Consumo, Home Staging e o Morar Contemporâneo estão entre os temas do QG

Mobly, e-commerce de móveis e objetos de decoração, participa pela primeira vez do São Paulo Design Weekend (DW!), em parceria com a Vila Ibiza, loja de revestimentos em Pinheiros. Em um espaço de 25m², será montado um QG e, a cada dia, um convidado especial (arquitetos, designers e influencers) discutirá um tema diferente.

Serão quatro dias de café e bate-papo – de 29 de agosto e 01 de setembro. Entre os temas abordados estão: “Design de Consumo”, com o arquiteto Maurício Queiroz; “O Morar Contemporâneo”, com a Caliolo Design e a influencer Olívia Viana (@inandoutdecor); “Mídias Sociais e o universo da Decor”, com Shine Braga, Giselle Martos (@lardocecasa), Jeh Adan (@decorechic); e “Home Staging”, com Shae Campos (@shaeinteriores).

O espaço será todo decorado com móveis Mobly, em parceria com a Caliolo Design. O DW! São Paulo Design Weekend é um festival urbano que tem o objetivo de promover a cultura do design e suas conexões com arquitetura, arte, decoração, urbanismo, inclusão social, negócios e inovação tecnológica.

Programação dos bate-papos

  • Quarta feira (29/08)

11h – Bate-papo entre Olivia Viana (@inandoutdecor ) e Caliolo Design

Tema: O Morar Contemporâneo

  • Quinta (30/08)

11h – Bate-papo entre Jeh Adan (@decorechic), Giselle Martos (@lardocecasa) e Shine Braga.

Tema: Mídias Sociais e o universo da Decor

  • Sexta (31/08)

11h – Maurício Queiroz fala sobre o  Design de Consumo

  • Sábado (01/09)

14h00 – Shae Campos fala sobre Home Staging

Serviço:

Data: 29/08 a 01/09

Vila Ibiza

Endereço: Rua Fradique Coutinho, 100 – Pinheiros – São Paulo.

Sem categoria
20 ago 2018

Óculos de grau: boas escolhas

Você é do time que usa óculos de grau diariamente com super naturalidade? E mais, gosta tanto que, possivelmente, se não fosse necessário, faria de tudo para ter um grauzinho para poder ter esse toque charmoso no look? Então toca aí e vamos falar de opções de óculos de receituário de super qualidade e designs lindos que podem ser muito mais acessíveis do que imagina!

Mais de um, por favor!

Quem usa óculos de grau (ou de lente branca, como preferir chamar!) sabe o quanto é legal ter mais de um modelo para poder variar e combinar com o humor e visual do dia. Vale super a pena ter um preto de acetato ou outro modelo mais básico e também aquele descontraído e com mais personalidade, para um look mais ousado. É ou não, é?

Para animar quem anda precisando de um estímulo para assumir os óculos no dia a dia e se achar linda com armações, separei alguns óculos de receituário da Prada – chequem nas fotos ao longo do post. Hoje em dia é super fácil comprar online e com boas condições, óculos bacana é algo que vale a pena investir.

Quando me apaixono por um modelo e compro um novo, parece que mudei todo o visual, como cortar ou pintar o cabelo! Fiquei encantada tanto com esses modelos em destaque como nas fotos de campanha. Já pensando no meu novo companheiro do trabalho a saídas!

Fica a dica diretamente da minha pesquisa de favoritos e vontade de trocar mias cias diárias! E me conta, qual seu favorito? Clique aqui para ver muitos outros!

Dicas
04 jun 2018

Recuse o canudo para cuidar do meio ambiente

Tantas coisas parecem ter efeito mínimo no planeta em nosso dia a dia! Um saquinho a mais nas compras do mercado, uma embalagem sem função em uma lembrancinha de festa, uma garrafa plástica num passeio corriqueiro, um canudinho no suco de laranja no café da manhã da padaria… Quantos gestos que parecem indefesos e pouco importantes…. Mas que diferença poderiam fazer para o meio ambiente quando substituídos por outros materiais ou simplesmente evitados!

Nesse dia 05 de Junho de 2018, Dia do Meio Ambiente, vamos juntos adotar nem que seja um novo hábito para ajudar a cuidar de nossa vida, vida dos animais, vida do planeta?

Bora focar no simples ato de recusar um canudo na hora de pedir sua bebida em um bar, padaria, lanchonete? Aquele pequeno pedaço de plástico que usamos por menos que dez minutos podem levar até 500 anos para se decompor na natureza. Um plástico bobo, com função dispensável, feito com substâncias químicas que não podem ser reaproveitadas e que simplesmente se acumulará no ambiente. Por muito, mas muito tempo!

Infográfico criado para matéria sobre o tema de uma edição da Veja, fevereiro 2018

É mesmo necessário pedi-lo para alguns goles? Será mesmo super importante para seu bem-estar e sabor daquele drinque ou refresco? Tenho certeza que está longe de ser fundamental… Ou se é importante já que gosta de usar para mexer, tomar algo que não quer levar diretamente à boca (limonada no sol?) ou para uma criança, está mais que na hora de substituir o canudo descartável por uma opção durável, como os canudos de inox, bambu ou vidro. Já conhece?

Espie esses números! Não fica claro que o canudo não merece estar em nossa vida e no nosso planeta?

Nessa imagem abaixo apresento opções de canudos que você pode usar inúmeras vezes, já que pode lavar, secar, colocar na bolsa e usar de novo! O canudo de bambu, inox ou vidro vem com escovinha para manter sua limpeza em dia e sempre levar para onde for. Basta deixar na sacola de praia, na mochila do filho, na bolsa do trabalho, e pronto: com um novo hábito simples, você evita um monte de canudos no seu dia a dia e poupa o planeta desse descarte e lixo inútil. Passe essa ideia adiante e procure falar com estabelecimentos locais sobre essa mudança de hábito e pensamento.

Na Paz em Gaia, loja virtual de produtos “zero waste”, ou lixo zero, com base em Ilhabela, há uma variedade de utensílios para você diminuir sua pegada no ambiente. Com talheres, canudos e copos não descartáveis, seu dia a dia pode ser livre de plástico. Não importa se almoce fora, se compre um lanche rápido ou se tome um suco fora de casa, sempre terá seus próprios utensílios para recusar qualquer descartável no caminho! Vamos aderir? O canudo já tenho e quero me policiar para adorar o hábito também com copos e garrafas. Tão simples e tão importante! Não vamos deixar forças do hábito resultarem em acumulo de lixo e morte de animais, é hora de mudar!

Bora adorar essa prática a partir de hoje e pra sempre? Canudo no suco? Não obrigada! Só use se for reutilizável! O Dia do Meio Ambiente existe para nos fazer refletir sobre nossos hábitos e tá mais que na hora de mudarmos para valer muitas manias do nosso cotidiano.

Feira Sustenta em Ilhabela

Aqui em Ilhabela a semana que marca os cuidados com nosso ambiente será comemorada com a Feira Sustenta de produtores locais e engajados com boas práticas! Dessa vez, acontece na praça da Vila e contará com diversos expositores, inclusive a Paz em Gaia com esses itens lixo zero! Nos vemos lá? Sábado, dia 10, das 10h ao pôr do sol.  Confira mais detalhes no Instagram do evento.

Dicas
23 abr 2018

Livro Olhe em Frente, para motivar e ajudar

Há dias em que as coisas parecem obscuras, e fica difícil ver o lado bom da vida. Há épocas em que perdemos de vista nossos sonhos e, com eles, o brilho nos olhos. Há fases em que não enxergamos respostas que estão bem na nossa frente. Olhe em Frente é um pequeno colírio para esses “problemas de visão” que tod@s enfrentamos em algum momento. O livro é uma coleção de mensagens de motivação para ajudar a focar no que realmente importa. São 28 cartões-postais com frases simples (mas de ideias grandes!), acompanhadas de ilustrações poéticas e bem-humoradas, em cores vibrantes, que enchem os olhos. É um livro para ler e pensar – e também para compartilhar e inspirar, pois os cartões podem ser destacados para enfeitar paredes, presentear pessoas queridas, espalhar recados…

Livro Olhe em Frente, para motivar e ajudar

E, o mais importante: Olhe em Frente é um projeto social. Cada livro impresso, seja ele vendido ou distribuído gratuitamente, gera uma doação para o Criança Esperança (www.criancaesperanca.com.br), uma das maiores campanhas sociais do mundo, parceria entre a Globo e a Unesco (sigla para a Agência das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). Os recursos arrecadados com o livro Olhe em Frente serão utilizados pela Unesco para apoiar 85 ONGs pelo Brasil, que atendem milhares de crianças e adolescentes de baixa renda em projetos sociais de saúde, educação, cidadania, esporte, cultura e lazer.

Além disso, o preço muito acessível – o livro custa apenas R$ 6,90! – democratiza o acesso à leitura de qualidade sobre pequenos temas essenciais para estimular o autoconhecimento, o autodesenvolvimento e a autocompaixão.


Olhe em Frente é mais uma realização da Editora MOL, a maior editora de impacto social do mundo, que já doou mais de R$ 23 milhões para grandes causas com seus livros e revistas com renda revertida. O projeto é uma correalização com a Óticas Carol, que abraçou essa ação social e oferecerá gratuitamente aos seus clientes o livro Olhe em Frente, em suas mais de 1.100 lojas pelo Brasil, de forma promocional (isto é, como brinde em determinadas compras e campanhas). O livro também pode ser comprado na loja virtual da MOL, a Banca do Bem (bancadobem.com.br).

#ProjetoOlhares

Olhe em Frente é o primeiro lançamento do #ProjetoOlhares de 2018. A parceria entre a Editora MOL e a Óticas Carol vai render mais dois produtos editoriais lindos ainda este ano: o livro de atividades Cadê Meus Óculos?!, em julho nas lojas, e o Calendário Olhares 2019, que chega à Carol em novembro – todos com conteúdo incrível, precinho camarada e renda revertida para o Criança Esperança.

Dicas
02 abr 2018

Carol Bassi Jewelry lança nova coleção com peças de décor

Pedras estão em alta na decoração: em revestimentos como mármore e pedras brutas como nas druzas presentes em diferentes estilos de ambientes que oferecem toque natural à casa. Carol Bassi Jewelry lança nova coleção com peças de décor conectada a essa tendência. A designer de produtos Carolina Bassi A. Venzon criou a coleção Alquimia, traduzida em joias delicadas, leves e cheias de atitude alinhada a sua primeira linha de objetos de décor.

Tábaus em mármore e joias coleção Alquimia_Caroline Bassi A. Venzon

Buscando sua essência, a designer trouxe mais uma vez a temática mística para as joias feitas em ouro rosa 18K com as pedras naturais – tanzanitas, safira azul, topázio sky e opala. Junto com as joias versáteis e autorais, a designer também está lançando sua primeira coleção de objetos de décor, especialmente criados em mármore, em parceria com a marca cool de décor Select ID.

Décor em mármore

A designer criou para a marca, luminárias e tábuas que poderão ser usadas para colocar joias e acessórios, ganhando assim um uso utilitário e autêntico para a casa. Nas cores, mármore guatemala e mármore rosso, em tons de rosa.

Lançamento em evento em SP na última semana

Canais de venda

A coleção de joias estará àvenda a partir de abril no ateliê da designer no Jardins, em seu e-commerce e no site Shop2gether. Os objetos de décor, estarão disponíveis no site da Select ID.

Dicas
25 mar 2018

A volta das sapatilhas para o guarda-roupa

Se no verão, o uniforme do dia a dia são sandálias e rasteirinhas, no outono vemos a volta das sapatilhas para o guarda-roupa! A estação que deu oi dia 21 desse mês traz temperaturas mais amenas em grande parte do Brasil e a vontade de criar looks mais elaborados também chega junto.

Outono permite um visuais charmosos e mais camadas no look. Aposte na saia midi com sapatilha nessa estação!

Vamos renovar o armário?

É hora de tirar algumas roupas de verão do armário, resgatar os lenços, buscar aquelas blusas e calçados que ficaram escondidos durante a estação de calor. E falando em calçados, você tem o hábito de planejar sua compra de novos pares? Sabia que é possível economizar e planejar uma compra maior mesmo como pessoa física? A dica da vez é a compra por atacado, com o intuito de poupar recursos, fazer boas escolhas e já planejar o que vai precisar e usar nos próximos meses.

Opções diversas para looks criativos 

A seguir apresento algumas opções de sapatilhas que são curingas para diferentes looks de meia estação. Para conferir essas e vários outros modelos, clique aqui.

Bico redondo ou bico fino? As duas opções dificilmente vão sair de moda. Pode optar por aquela que se sinta melhor e mais confortável. Abuse das cores!

Além dos modelos tradicionais, há aqueles abertos no calcanhar que andam ganhando adeptas. Varie no visual e use com vestidos ou calças.

Na compra em grande quantidade – 10 pares – a marca Sacolei garante 25% de desconto sobre o valor. É possível adquirir uma porção de modelos e cores diferentes com preço amigo e justo. Não é necessário comprar do mesmo número, nem mesmo mesmo modelo. Aliás, pode ser pessoa física, viu? Ou seja, a ideia é pensar nas tendências da estação, colocar no papel o que precisa, as cores que combinam com as roupas que já tem no guarda-roupa e planejar uma compra com consciência. Fica a dica!