Moda Criativa
15 ago 2018

Collab criativa: Melissa + 10 Corso Como

Direto de Milão! Sou Melisseira assumida desde a infância e sempre comemoro quando vejo as collabs divertidas da marca! A boa nova da vez é a união Melissa + 10 Corso Como. A marca que iniciou como uma loja conceito em Milão nos 90’s e hoje tem mais de 17 pontos de venda pelo mundo, agora faz parte da nossa história.

Quem é a 10 Corso Como

10 Corso Como é um espaço revolucionário de design, onde música, arte e lifestyle se misturam, unindo cultura e comércio de uma forma nunca antes vista. E essa filosofia multifuncional da marca, se conecta perfeitamente com o que a Melissa traz  em sua essência.

Com cinco modelos Melissa reinventados, essa collab brinca com a ideia do que é o clássico e o que é o novo. Todos os produtos têm um toque especial: a estampa exclusiva inspirada no logo da 10 Corso Como.
Para ver mais na loja on line: vai lá!
Dicas
25 abr 2016

Sebrae leva pequenos negócios para SPFW

spfw

Parceria com IN-MOD vai permitir que pequenos empresários conheçam bastidores, vendam produtos no evento e até desfilem na passarela principal do São Paulo Fashion Week

Em parceria com o Instituto Nacional de Moda e Design (IN-MOD), o Sebrae vai levar donos de pequenos negócios para o maior evento de moda do hemisfério sul, o São Paulo Fashion Week, que acontece entre os dias 25 e 29 de abril. Empresários de todo o Brasil vão participar do evento em uma missão técnica para conhecer os bastidores dos desfiles, proprietários de outras 17 marcas de micro e pequenas empresas vão expor e vender seus produtos na loja instalada no local e uma empresa de pequeno porte, a Amabilis, chegará à passarela da 41ª edição, após ser selecionada pelo projeto Top Five, uma iniciativa conjunta das instituições.

spfwloja

Imersão criativa

A ideia dessa imersão é permitir que pequenos negócios possam se inspirar a partir do trabalho e das referências de designers estabelecidos, identificando processos que possam ser adaptados e incorporados ao seu modelo de negócio. A cada dia, um desfile será comentado por especialistas para o grupo, interpretando não só as tendências e looks apresentados, mas também apontando detalhes a serem observados na passarela, todo o ambiente que compõe este show, tais como temática, cenário e ambientação, beleza e trilha sonora.

Durante a missão técnica, o idealizador da São Paulo Fashion Week, Paulo Borges, vai dar uma palestra para os empresários para explicar as mudanças do calendário da moda mundial e os impactos para toda a cadeia da moda no país. Os participantes da missão também serão levados para conhecer a fábrica e o posicionamento da Natura no mercado brasileiro.

spfw2

FFWSHOP

Marcas de pequenos negócios também vão expor e vender produtos na loja conceito FFWSHOP, loja pop up de design e acessórios com curadoria assinada pelo SPFW e instalada no evento. Este ano, a Galeria Nacional assina a curadoria da loja.

Nesta 41ª edição, 17 marcas de sete estados (AM, CE, GO, MG, RJ, RS e SC) indicadas pelo Sebrae foram selecionadas para expor seus produtos. Mais que a comercialização em si, a exposição na loja conceito permite aos empresários atingir um novo patamar de divulgação para seus produtos e sua marca, atraindo a atenção não só da imprensa presente no evento, mas alcançando ampla divulgação na mídia local da empresa participante.

spfwshop

Case de sucesso

A marca catarinense Liverpool é um exemplo de sucesso desta parceria. Eles participam da FFWShop desde o primeiro ano da parceria entre o Sebrae e o IN-MOD, a cada edição da São Paulo Fashion Week levam produtos diferentes, são sucesso de venda e conquistaram o mercado brasileiro graças à exposição na semana de moda. “Com o SPFW vimos que podíamos ser mais do que uma camisetaria. Ampliamos nosso mix, hoje fabricamos calças, jaquetas, vestidos, bolsas, moletons. Tínhamos alguns clientes esporádicos fora da região Sul e, agora, temos 150 pontos de venda em todo o Brasil“, comemora Tiago.

#Ficadica: Para marcas criativas  e autorais de moda, fica a dica de projeto que possibilita o crescimento e introdução ao universo das grandes passarelas. Vale a pena buscar como funciona a curadoria de marcas e adentrar a essa seleção.

Esse ano não vou dar um pulo na SPFW, mas já fiz muitos garimpos de novas marcas handmade na loja do evento. Para rever as descobertas da última edição, vem cá nesse post!