Dicas
26 jan 2018

Planta do momento: costela de adão, dicas para cultivar

Além de proporcionarem um alívio para os olhos e um super bem-estar para os moradores da casa, as plantas são cada vez mais consideradas verdadeiros elementos de decoração, dignas de tendência e altos e baixos. Muitas espécies são ícones de décor não só no vaso, mas também estampando capas de almofada, padronagem de papel de parede, cerâmicas e pinturas. Tem uma folhagem do momento que só aumenta seu sucesso nos ambientes de revista, blogs, instagram: é a costela de adão, ou mostera deliciosa silvestre.

A vegetação grandiosa, imponente e com formato fotogênico e com personalidade é capaz de roubar a cena e embelezar mesmo apenas com uma folhinha no vaso. Bora aprender mais sobre a costela de adão e como cultivar da melhor maneira?

Dicas de cultivo: costela de adão

  • A costela de adão é uma planta de meia-sombra, então a incidência de raios solares deve ser indireta ou quase nula.
  • É aconselhável colocá-la ao sol, em exposição direta, somente durante o inverno ou em dias nublados. Nos dias ensolarados, proteja-a dentro de casa
  • Acostumada a climas tropicais, a costela de adão gosta de clima e terra úmidos e deve ser plantada em estações quentes
  • A rega deve ser diária no calor
  • Para ajudar sua planta a se desenvolver limpe suas folhas com uma esponja úmida. Com isso, além de retirar o pó que se acumula em suas folhas, você evita que a folhagem fique completamente seca.
  • Caso o ambiente do vaso seja pequeno, pode ter problemas, já que o crescimento é rápido e acelerado, ela é espaçosa.
  • É raro aparecer quando plantada dentro de casa, mas a costela de adão tem um fruto tóxico. Além disso, para mexer em suas folhas é recomendado o uso de luvas ou lavar bem as mãos após pegar em sua vegetação. Atenção para crianças e animais de estimação é importante.

 

Anotou as dicas para cultivar sua mostera deliciosa? Além de decorar a casa com vasos com a planta, também é válido comprar ou colher apenas folhas e decorar como arranjo de mesa ou detalhe lateral na sala de estar. A folha costuma durar muito trocando a água do recipiente. Para embelezar com verde, não tem segredo e nem desculpa!

Dicas
04 jul 2016

Como plantar suculenta em xícara: ideias

Mentira que você não tem ao menos uma suculenta na sua casa! Conta pra mim que tem ao menos um trio delas, vai? Porque casa sem suculenta hoje em dia não pode. Essas plantas amigas das jardineiras iniciantes dão vida a todo e qualquer ambiente e ainda nos alegram nos fazendo pensar que arrasamos no trato com as plantas. Sendo assim, bora explorar como plantar suculenta em xícara?

suculentas plantar

E pode plantar em recipiente sem furo, Ma?

Eu digo que sim e que sua plantinha vai viver e crescer e se desenvolver muito bem. Basta seguir algumas dicas e tratá-la com carinho.

Para plantar em xícaras, sem furos, leve em consideração:

♧ Não é necessário regar sempre. Ou seja, se suculenta precisa de pouca água, suculenta que não escoa precisa de menos ainda. Em tempos secos uma vez por semana, em dias úmidas, dê um perdido e deixe-a captar a água do ar. Já é o suficiente. E mais: repare na terra. Tá árida? Está na hora de regar, se não, aguente mais um pouco.

♧ Deposite umas pedrinhas ou lascas de fibra de côco antes de plantar a muda. Para que a terra ganhe mais absorção e não transborde água, crie um filtro antes de plantar a suculenta. Serve pequenos cascalhos, pedrinhas, fibra de côco. Depois, acrescente a terra e a planta.

suculentas em xicara

Agora basta escolher modelos de xícaras e canecas lindos e aproveitar aquela peça que deu uma quebradinha e não servirá mais para o café! Vamos plantar?

Decoração
29 out 2015

Tendências de decoração 2016

shutterstock_331377350

Há poucas semanas a Abril lançou o anuário Tendências  2016 de Casa Cláudia, uma publicação bem produzida que reúne matérias, reportagens e garimpos de produtos com temas que devem ser apostas para decoração no próximo ano.

Ganhei o exemplar e logo corri para folhear suas páginas e conferir se as intuições ao circular por tantos blogs, boards, perfis e conteúdos batiam com as expectativas também dos especialistas e jornalistas. E de fato, as apostas parecem despontar por tudo que é canto.

pdf_anuariodetendencias_2016

Veja só que ótima síntese  nas palavras da revista: “tecnologia silenciosa e natureza extrema”. O que parece oposto resultam num caminho único que a decoração e o design parecem estar seguindo atualmente. Muita rusticidade, muita madeira, muitas tramas, materiais orgânicos, valorização do manual e orgânico e por outro lado (ou do mesmo!), tecnologia de ponta, porém, discreta. Som, luz, movimento e performance presentes, mas sempre de forma abstrata sem ostentação de elementos tecnológico e aparelhos.

shutterstock_249271261

Entre os objetos que vamos ver muito ao longo do próximo ano e que já vemos aos montes agora nas marcas antenadas e nos links que apresentam o que há de “novo” nos ambientes estão muitos elementos em cerâmica, objetos em cores terrosas, paisagens que se integram com ambientes, contato com a natureza por meio de muita verde em casa (oi, samambaias, cactus, hortas e suculentas!) e trabalhos manuais diversos empregados em cestarias, nos tecidos, no tear, nas estampas, no criar autoral em geral.

shutterstock_203868385

Adoro perceber a união de tendências e o quanto essa integração entre o supercontemporâneo e a volta ao rústico casam bem e se faz tão importante atualmente.

shutterstock_269218337

Fica a sugestão de publicação e também as dicas de próximos posts que vêm a seguir! 

Imagens via Shutterstock