Materiais
05 maio 2017

Stumpwork: uma nova visão sobre o bordado

Stumpwork: uma nova visão sobre o bordado, uma colaboração de Trauti Lang

O bordado à mão nunca sai de moda, mas ultimamente a técnica tem ganhado cada vez mais espaço tanto nas redes sociais quanto entre quatro paredes, na decoração de todo mundo! O que muitas pessoas não sabem é que além do bordado livre existem diversos outros estilos que podem encantar da mesma forma, ou até mais.

Bordado feito por Trauti Lang – loja aqui

Sou bordadeira há pelo menos cinco anos e ao longo da minha carreira me deparei com trabalhos tão diferentes, que não me contive e precisei fugir do comum: foi então que encontrei o Stumpwork, uma técnica que eleva (literalmente) o bordado a um novo patamar!

Mas o que é Stumpwork, afinal de contas?

Muito popular no século XVII, se originou na Inglaterra para representar cenas bíblicas com o uso de pontos básicos do bordado à mão, mas também fitas de cetim, pedraria, feltro e fios de metal. Existem algumas maneiras de fazê-lo como, por exemplo, usando camadas de tecidos com texturas diferentes. Na imagem abaixo um pedaço de feltro foi usado para dar tridimensionalidade à folha.

Fonte: www.craftsy.com

Com o Stumpwork é possível conseguir resultados mais realistas para seu bordado. O tema mais comum e atrativo para a técnica é a natureza. Você já deve ter visto muitas flores de cetim bordadas em toalhas de mesa, ou em quadros decorativos. Pois sim, o bordado em fita também é considerado Stumpwork por algumas bordadeiras! O que importa nessa técnica é o uso de um material que dê vida ao bordado e erga os pontos da base do tecido.

Recentemente, tenho disponibilizado Stumpwork em minha loja e a admiração tem sido crescente! Há uma grande variedade de trabalhos que você poderá encontrar facilmente em sites como o Pinterest para se inspirar. Neste post deixo algumas fotos para que você possa conhecer melhor essa técnica incrível!

Fonte: Celeste Chalasani

Fonte: Elizabeth Braun

Que demais saber mais sobre essa técnica, não? Esse texto foi desenvolvido por Trauti Lang, dona das mãos taletosas da marca Nuvem Canela e autora do blog com mesmo nome. Vale demais a pena conhecer e se apaixonar por seu trabalho incrível!