receita
20 maio 2013

Bolo molhadinho de maçã. Que tal?

Está aí com aquela vontadinha de tomar um café com um bolo fofo? Tudo resolvido.

Era essa a minha vontade aliada a formas novinhas de silicone que havia acabado de ganhar da minha mãe. Só faltava uma receita fácil e gostosa! A idea era fazer cupcakes, mas a sugestão do bolo prático e molhadinho de maçã da Tia Sonia falou mais alto. Em menos de 20 minutos, tinha seis bolinhos e um bolo quentes aguardando por uma xícara de café! =) 

A massa é leve e quase todinha de maçã. Para dar um gostinho a mais, algumas passas escuras foram superbem! Podia ter colocado nozes ou castanha do pará. Delicinha e crocante!

O preparo é o mais simples possível: não vai nem na batedeira! Basta misturar açúcar, maçãs picadinhas com casca, óleo e ovos inteiros. Mexer bem com colher de pau. Depois, farinha, canela, passas e bater mais um pouquinho a mão. Por último, a tampinha do pó Royal (que achei gênio saber que equivale a 1 colher de sopa). Aí, é só colocar nas fôrmas e colocar no forno! São 15-20 minutos apenas. No meu caso, a fôrma fina de silicone e meu forno quente demais me renderam uma casca mais queimadinha do que desejava, mas mesmo assim, o recheio estava irresitível e a cobertura crocante!

O resultado é tão delicioso que eu e o moço terminamos com tudo no fim de semana mesmo! Podem confiar e fazer pro próximo lanchinho da tarde! Likes instatâneos no instagram e huuums a cada mordida.

receita
29 jul 2012

Só na casa da avó tem ou Retrô aos dois.


Tem coisas que a gente deixa a correria do dia-a-dia empurrar sempre pra frente e aí, quando acontecem a gente se pergunta por que não faz isso toda semana e esquece as coisas mais bobas pra dar valor a esses momentinhos que importam tanto… E é assim com a visita à casa que cada cheiro e conversa remete a mil lembranças e faz relaxar de verdade num sábado de sol: a da Oma, ou uma das minhas avós, que já poderiam ter virado colunistas do cola, tantos são os relatos e materiais ou receitas registrados aqui. 


Hoje foi dia de almoçar com a das unhas na moda (Não me perdoo por não ter clicado as de hoje, eram dois tons de vermelho. Sim, porque sua nova façanha é usar uma filha única – termo que ela empregou, tá? – com cor mais escura! E aí? Devia ou não ter coluna?), cabelo recém saído do salão e casa perfumada de comidinha alemã que sempre faço questão de “encomendar”. A vontade é sempre previsível e eu nunca vou enjoar: são essas grandes bolas de massa de batata (com auxílio, amanhã colo o nome!), com cruton crocante dentro, acompanhado de repolho roxo com ameixa e de quebra um pernil macio. Só na casa da avó tem… 

Mas antes do ataque à mesa bonita, foi hora de conhecer as luvas que ela encontrou recentemente guardada e já virou ítem de decoração na cristaleira! Feitas em crochê por minha bisavó, a Oma contou que era a tendência mais charmosa da época de solteira e que sair sem elas à rua, nem pensar. Parou pra pensar na finesse? :) Falando nelas, Oma pede ajuda: está em busca de mãozinhas de manequim ou acrílico para deixá-las expostas melhor na estante. Merecem muito! Alguma sugestão? De tão fininhas (leia-se pra bem magrinhas), as mãos da neta aqui não puderam prová-las…


E de sobremesa com o café na xicrinha do casamento, a gente sorriu tanto para fotos antigas em vários álbuns que não pude deixar de clicar dessa vez o retrato que olho na sua casa desde que me entendo por gente: roupa de camponesa, cesta de ovos e uma saúde de quem deve ter acabado de devorar o bolo recém feito inteirinho. Será que os ares retrô liberty tiveram influência? Penso ao menos, que ao apresentar hoje em dia 1/2 das “maçãs” do rosto da infância, algum regime mal realizado surtiu efeito… Só na casa avó tem…

Depois de falar sobre tantas memórias e botar o papo em dia com direito a dica de marca de sapato e sugestão para um próximo look de casamento, o sábado voou e o recado de fazer o programinha bem mais vezes ficou anotadíssimo na agenda. Afinal, tarde de sábado só pra relaxar sem pensar em posts, conteúdo, trabalho ouqualquer arrumação, só na casa da avó tem! (E o relógio já diz que hoje é domingo! Bom dia a todas!)

receita
18 fev 2012

Picolé para maiores.

Cordei na praia hoje, Carnaval! E a vida é muito melhor com a previsão de quatro dias com vista para o mar,  na piscina, música boa, relax e copo na mão caprichado, pessoas! :) Daninha, a irmã gourmet que sempre tem uma receita na manga, cismou com caipirinha com picolé… Ok, ela achou que inventou a receita, viu? Mas a gente aceita e não descorda, afinal, estava uma delicinha! A minha escolha foi a seguinte: picolé de groselha + caipirinha de limão siciliano com pinga (Essa palavra pode no Cola, produção?). Nadinha mal. Recomendo uma dessa com o pé na água. Não tem piscina por perto, faz pra curtir na varanda, na janela, numa rodinha com música! Iupiii! :) Beijos carnavalescos da já rosada Ma.