Casamento
04 jun 2018

5 tendências de CASAMENTO QUE FORAM DESTAQUE NO CASAR SP

Depois do casamento do príncipe Harry e da Meghan Markle, o assunto nunca esteve tão em alta. Novidades aparecem a todo momento e agitam o mercado de festas. O evento CASAR levou para o público de SP o que há de mais novo para os noivos e quem está flertando com sua data do sim!

Destacamos aqui as principais novidades e o que promete ser tendência em 2018:

Bebidas inusitadas – Uma tendência que vem conquistando os casamentos são as apresentações dos drinks que saíram dos bares mais descolados do Brasil e invadiram o setor casamenteiro. A Cia do Rizzo traz drinks personalizados com o monograma do casal para deixar a pista e a festa ainda mais especiais. Destaque também para os drinks com flores comestíveis e as apresentações inusitadas das bebidas.

Em Ilhabela, Los Tragos é uma excelente pedida para animar a festa com drinks especiais e bem preparados! A coquetelaria apresenta bebidas com visual cool e elegante e agente todo litoral norte.

Bolo rústico e minimalista – Meghan Markle apostou no naked cake coberto com buttercream e decorado com flores naturais. A novidade caiu no gosto das noivas do Brasil também, e já há algum tempo é preferência. Para os casais que optam pelo estilo, é par perfeito para uma mesa de doces com um toque minimalista e rústico!

Continue Lendo >>

Ilhabela
13 mar 2018

Casar em Ilhabela: lugares e tendências de decoração

Falou em destination wedding, certamente tem praia no pedaço! E se o destino é no Brasil, casar em Ilhabela é um destino cotado! Hoje em dia, a Capital da Vela também pode ser chamada de capital dos casamentos. São inúmeros espaços para festas que incentivam o aprimoramento de uma super rede de fornecedores para eventos, cada vez mais profissional e especializada. Não há mais serviço que não se encontre no mercado local e os casamentos enchem as pousadas, hotéis e também promovem o turismo local. Na baixa temporada, convidados para bodas circulam pela cidade e aproveitam o fim de semana romântico!

Para dizer sim sobre o deck

Entre os espaços possíveis, o Pier 151 está entre os mais procurados! Com estrutura próxima à Vila e à Prainha Santa Teresa pensada para festa e um pé no mar e outro em terra firme, agrada noivos que querem praticidade e também erro zero com a meteorologia. Por ser coberto e contar com salão fechado, ninguém precisa se preocupar com plano B e até mesmo na chuva o cenário agrada! Os casamentos no espaço costumam acontecer ao cair da tarde para que a cerimônia se realize no deck, sobre o mar, bem no horário mágico do pôr do sol. Há noivos que gostam da ideia de ter a canoa ou lancha como coadjuvante da cena, e a noiva vem pelo mar! O que acharia para o seu sim?

Tendências de decoração em destaque

Na decoração da área externa do Pier 151, o altar com flores, folhagens ou macramê está em evidência e outra tendência que se destaca são as luzinhas estilo gambiarra e luminosos. Os cordões de lâmpada costuma cruzar o pier e deck e são atração à parte. O estilo boho casa perfeitamente com o cenário e é uma das decorações que mais se faz presente!

Fica a sugestão e referências nas fotos. Podem notar que almofadas, palha e vegetação já são capazes de preencher o ambiente e dar personalidade ao lugar. Ah, você foi lgo notando o luminoso? Essa tendência já vem de alguns anos, mas continua em alta nos eventos: mensagens como love, amor e também indicações de ambiente como bar e pista são muito usados.

Pé na grama e areia

Para aqueles noivos que pretendem trocar seus votos em um gramado próximo ao quebrar das ondas, a Casa de Canoa vem atraindo casais. O espaço ao sul da Ilha, na praia do Curral leva jeito de festa do Pinterest: ares rústicos, natureza e arquitetura praiana. O altar pode  ser localizado em frente à praia, assim como banquetas para convidados e caminho até o sim. Para a festa, uma área aberta conta com cobertura, espaços para lounges e pista de dança.

Nas festas expostas na galeira do site do espaço, é possível conferir como luzes pendentes e ambientes com grandes almofadas, tapetes, mesas comunitárias no estilo de festas mediterrâneas ficam convidativos e harmoniosos.

Para o altar, até mesmo o estilo minimalista se destaca. Afinal, a beleza natural de Ilhabela já se torna protagonista de qualquer decoração, não é mesmo?

Você já pensou em casar na praia e mais especificamente em Ilhabela? Conte se essa pauta te interessa e a ideia é ir atrás de detalhes dos muitos lugares encantadores para cerimônia e também fornecedores! O que gostaria de ver? Dicas de decoração e serviços desse segmento? Alimentação? Fotografia? Se estiver buscando informações sobre esse universo, só deixar seu oi nos comentários e pauta é o que não falta nessa nossa ilha dos casamentos!

Fotos da postagem retiradas do site e redes sociais dos espaços Pier 151 e Casa de Canoa

Inspirações
18 set 2017

CORAL ELEGE “ADORNO RUPESTRE” COMO A COR DE 2018

O tom cinza rosado é a grande aposta da marca da AkzoNobel Tintas Decorativas. Por meio de seu estudo global de tendências de cores, o ColourFutures™ 18, a Coral apresenta a cor do próximo ano: o cinza rosado “Adorno Rupestre”. Trata-se de um tom suave e quente que remete às pinturas dos primeiros abrigos da humanidade e ao aconchego da madeira natural, além de contribuir para um ambiente acolhedor.

A tonalidade se destaca em um momento de imprevisibilidade e insegurança em todo o mundo, capturando o desejo em comum de “uma casa que acolhe” – sentimento eleito como tema central do estudo, que comemora, em 2018, sua 15ª edição.

As motivações para escolha

“O ritmo acelerado, o grande volume de informações e as divisões da sociedade nos deixam inseguros sobre o que vamos encontrar da porta para fora. Por isso, o lar se torna cada vez mais importante. Precisamos que ele seja nosso santuário, o lugar onde podemos diminuir o passo, recarregar a energia e nutrir nossos valores”, diz Fernanda Figueiredo, gerente de Cores e Comunicação de Marca da AkzoNobel Tintas Decorativas.

Uma extensa pesquisa, que envolveu experts em cores da AkzoNobel e 11 designers e observadores de tendências ao redor do mundo, ofereceu uma ampla visão sobre diferentes reflexões e culturas. Assim, a companhia pôde capturar o estado de espírito do momento com a certeza de sua relevância universal. “Nossa Cor do Ano de 2018 realmente capta o clima do momento. ‘Adorno Rupestre’ e suas quatro paletas de cores complementares ajudarão os consumidores a alcançar uma casa que seja verdadeira e exclusivamente deles, trazendo um sentimento de segurança e tranquilidade”, reforça Fernanda Figueiredo.

Comportamento atual: volta do manual, cultura popular e crenças

Para a versão 2018 do ColourFutures™, a AkzoNobel contou com a participação da dupla de artistas plásticas brasileiras Adriana Pedrosa e Carlota Gasparian. Elas contribuíram ativamente em todo o processo de identificação de tendências, levando insights sobre o que está influenciando o comportamento da sociedade no Brasil e na América Latina. Dentre as temáticas emergentes no país, destacam-se a incerteza e a fé.

Em uma época de instabilidade, as pessoas tendem a sair do automático e ter fé na natureza, nas crenças ancestrais e nas próprias habilidades. “Há, hoje, um movimento de resgate espiritual aliado às culturas popular e ancestral por meio de rituais e crenças que trazem bem-estar – conexões com plantas, animais, as culturas indígena e xamânica”, relata Carlota Gasparian.

A dupla também destacou o resgate das habilidades manuais e dos antigos conhecimentos para novas gerações como uma temática bastante atual na região. “É a volta dos sentidos. A criação de novas habilidades, como crochê, pintura, marcenaria, culinária e costura, será cada vez mais o ‘novo luxo’. O seu é único”, explica Adriana Pedrosa.


“A cor de 2018 é um tom de terra rosado suave, remetendo justamente à nossa busca pelo pertencimento. O próprio nome ‘Adorno Rupestre’ resgata a conexão com o passado. As representações gráficas feitas pelos seres humanos pré-históricos nas rochas foram uma das primeiras maneiras que encontramos de nos expressar e personalizar nossos espaços”, complementa Fernanda Figueiredo.