Passeios
16 jul 2021

Hotel em SP tem programação para a família

Boa novidade para quem está em São Paulo com crianças de férias e à procura de diversão com segurança e criatividade! Falei crianças? Que nada! A escapada e possibilidade criativa é também dica para os pais!

Canopy by Hilton São Paulo Jardins promove oficina de musicalização para crianças. O evento acontece aos sábados no mês de julho! As próximas datas são 17, 24 e 31 de julho e a atividade é uma oficina de musicalização para crianças comandada pelo educador infantil e saxofonista Marco Nunes.

O encontro, que seguirá todas as orientações sanitárias, acontece em local amplo e ventilado, tem limite para até 6 crianças entre três e seis anos e duração de uma hora. Na oficina serão explorados os diversos sons produzidos por materiais, objetos e instrumentos musicais, para acompanhar diversos tipos de canções. Segundo o educador, “a música, quando inserida na rotina das crianças, contribui para o desenvolvimento neurológico, afetivo e motor”.

O que entra no passeio: O valor da oficina é de R$ 130 e inclui um lanchinho para as crianças e um drink para 1 adulto acompanhante. “Queremos celebrar os finais de semana em família e mostrar que o hotel é um espaço também para ser descoberto pelos moradores da própria cidade de São Paulo”, diz Layla Santos, diretora de vendas do hotel.

Conheça o Canopy São Paulo Jardins

Sobre o hotel: Situado no coração dos Jardins em São Paulo, o recém-inaugurado Canopy São Paulo Jardins é o primeiro hotel da marca lifestyle da Hilton na América do Sul. Com 98 quartos, celebra a cultura local e foi criado para ser uma extensão natural do bairro para ajudar os visitantes a relaxarem, recarregarem as energias e vivenciarem a cidade como um morador local.

Seu restaurante Stella, comandado pelo chef David Kasparian, traz um cardápio com pratos que exaltam a gastronomia paulistana de forma contemporânea e evoca as diversas culturas que influenciaram a gastronomia da cidade. Ressalta-se também o bar – no centro do salão – comandando pelo bartender Jeff Silveira, que apresenta uma carta com releituras de coquetéis clássicos utilizando elementos dos biomas brasileiros.

Nota da Ma: Fica a sugestão para quem é de São Paulo e quer escapar estando na cidade ou para quem é de fora como eu e ama curtir a cidade como turista!

Vai lá: Oficina de musicalização infantil no hotel Canopy by Hilton São Paulo Jardins Rua Saint Hilaire, 40 – Jardim Paulista – São Paulo – SP Dias 10, 17, 24 e 31 de julho Horário: 14 horas Reservas pelo telefone: 11 91119-4495 https://www.instagram.com/canopysaopaulojardins/

Inspirações
19 out 2015

Cola visita: exposição mulheres surrealistas no Tomie Ohtake

Em tempos de selfie e supervalorização da própria figura, seu look, estilo e aparência, foi superinteressante passear pelas obras dessas mulheres determinadas na exposição no Instituto Tomie Ohtake. Dei a dica na última semana e quase na data do post fui conferir uma visita guiada a convite do Lar Center e Casa Cláudia.

À frente do seu tempo, decididas e à procura de marcar sua assinatura além do autorretrato… Seguem abaixo as boas impressões sobre a mostra!

O look, o retrato, a força feminina

Durante a visita, a guia, que foi excelente e expôs questões pertinentes, introduzia as obras dessas mulheres pintoras surrelalistas nos fazendo pensar sobre a posição daquelas artistas, seu olhar na sociedade e como a cada arte marcavam seu perfil e personalidade. Procurar nossa assinatura e traçar nossa linguagem é ou não é o que buscamos?

Achei a princípio curioso quando a educadora sugeriu que Frida estava a frente do seu tempo ao buscar retratar-se, expressar-se por suas roupas de camponesa em meio a burguesia que pertencia, marcar seu estilo e caráter. Ela comparou ao que fazemos hoje diariamente nas redes sociais, como é algo intrínseco aos nossos dias e praticado por Kahlo e outras em suas obras reflexivas e tão pessoais. Não é uma interpretação interessante?

IMG_20151015_204357174_HDR

Entre as diversas obras expostas, engana-se quem pensa que vai se surpreender ao ver a artista mexicana que é mais pop entre as demais… Outras doze artistas que também frequentaram o México em sua época, também apresentam grandes conexões com sua linguagem e estão bem presentes. Fiquei entusiasmada em conhecer novas artistas surrealistas e poder compreender melhor com os dados biográficos trazidos pela monitoria. Como é bom sentir que uma expo nos faz refletir e aprender!

IMG_20151015_204426965

No caminho da mostra, as pintoras se misturam de acordo com temas que representam cada ambiente e figurinos completos inspirados no vestuário de Frida também roubam a cena. Um colorido fascinante!

4f32396ae54febc61a91118086b58df8

Para quem for, é imprescindível notar a última obra, escolhida para fechar a exposição… Balada por Frida Kahlo por Alice Rahon (foto daqui). A pintura com cores, traços e luz que me cativaram apresenta supostamente o caminho percorrido pelas duas, Alice e Frida, durante um relacionamento afetivo. Dá para notar uma linha do tempo, como se Alice tivesse representado momentos importantes para as duas e então, há pequenos animais que parecem gazelas, saindo da tela no canto direito da obra. Como um fechamento, uma despedida. E a frase em francês: “Para Frida pelos olhos de uma andorinha…”

Toda montagem, mensagem e essas mulheres fortes me fizeram gostar muito do passeio. Deu vontade de saber mais sobre a protagonista da exposição, sobre as demais e notar a reflexão possível entre a expressão necessária da época (Frida viveu entre 1907 – 1954) por parte de mulheres a frente do seu tempo e hoje.

Já havia falado sobre o funcionamento e endereço da exposição aqui, mas não pude deixar de voltar e registrar as impressões após a visita. Fica a sugestão e pontos em destaque! #colavisita #colaindica

Fotos no interior da expo feitas por mim com cel e meu flagra por Marcos Honma

Moda Criativa
25 jul 2015

Tour em São Paulo com Riva Sandálias

riva_jardins1

Minha vida em Ilhabela está cada vez mais intensa, hoje em dia, sinto a cidade como meu verdadeiro lar doce lar, com seus cheiros, hábitos, pessoas queridas e particularidades gostosas da vida em comunidade. Mas não é por isso que não deixe de amar trabalhar em São Paulo e também dar sempre meus pulos e #colavisitas na capital para explorar a cidade e meus spots favoritos. E tem idas que são ainda mais especiais que outras, uma dessas foi um verdadeiro tour com a Carol da Riva Sandálias que marcou as minhas visitas e mereceu virar post. Aqueles sexta e sábado foram tão cheios de lugares bacanas e corre corre que renderiam até vídeo.

Vem saber mais sobre nosso objetivo do dia e os lugares por onde passamos?

Para o café da manhã, fiz questão de levar a Carol para provar a rabanada que mais amo (depois da primeira que comi já adulta na casa da minha avó), lá na Padaria Aracajú, no bairro Higienópolis. Café dos completos mesmo: além da rabanada que já foi prestigiada no Comer&Beber da VejaSP, fomos de pão na chapa e ovo mexido, coisa de quem se joga em uma padaria sempre que tem oportunidade. Você também curte começar o dia assim? Sou fã de uma boa padoca e recomendo o brunch dos sonhos, com café pingado e sentada na calçada.

riva_jardins

E como as pernadas pela cidade seriam da pesada, obviamente nossos pés estavam vestidos confortavelmente. Fomos de botinhas Riva já para desfilar por aí nossa missão: criar um ponto de venda físico em SP, mais especificamente, na Rua Augusta no Jardins. Nos meus pés bota caramelo com espadrile e nos da Carol, filha da Riva que dá nome à marca, a nova cor deusa da botinha, o azul marinho. Dupla dinâmica que conseguiu cumprir seu objetivo. Olha aí abaixo e anote a segunda dica:

Riva está na Cada Qual: desde a manhã até o meio da tarde, a gente se dedicou ao cadastramento da marca e montagem do espaço Riva na loja colaborativa Cada Qual na rua Augusta. Tudo feito com carinho, mas na maior forma pá-pum e DIY. Fomos com mala cheia de pares, escolhemos o nicho, pensamos no conceito da vitrine e corremos atrás de elementos para decorar com a cara da marca.

Com um pulo na loja (que amo) Multicoisas, montamos luz pendente, compramos pregadores de margaridinhas e tivémos a sacada de comprar uma fruteira de três andares para dispôr os pares. Sobe rua pra lá, desce pra cá, em pouco tempo tínhamos impressões para contextualizar o uso, marca para vitrine e nicho montado com direito a flores artificiais. Ufa! Quem disse que não é possível cumprir uma tarefa como essa do início ao fim quase em uma manhã? E que tal o resultado criativo? A gente amou!

riva_jardins2

Na sexta mesmo os pares já estavam cadastrados, etiquetados e prontos para serem vendidos. Hoje, depois de duas semanas de loja, tem mais estoque por lá! Pra quem sempre quis provar sua Riva e já sair calçada, fica a dica: botinha café, canoa vinho e amélie amarela (o sapatinho com a ponta fechada) acabam de chegar. Numerações serão repostas sempre e a ideia é ficar fácil de provar, comprar e levar quando a vontade de um novo par colorido bater.

riva_jardins3

Foi superlegal conhecer o funcionamento de uma loja como essa, que bombam pela região e aproveitei para clicar outros ambientes da Cada Qual e mais dois lojistas que me chamaram atenção. Ó abaixo! Dá para se vestir da cabeça aos pés, passando por acessórios. Outra coisa que me fisgou foi o papel de parede do Ronaldo Fraga com molduras. Taí um jeito fácil de atualizar o espaço rapidinho! #colaadora Espiar as novidades da loja, marcar o corte no Berlin Hair ao lado e aproveitar para curtir a região é das dicas infalíveis para uma tarde livre em Essepê.

riva_jardins4

Pra fechar o dia, Da Praia FoodTruck: nesse dia a mil, calhou de eu finalmente conhecer de perto o caminhão com as melhores comidas com frutos de mar da cidade. O Da Praia é comandado pelo Pedro Faria, padrinho de casório e namorido de uma grande, super, mega amigona minha. A arte linda de toda a marca já era conhecida por ter sido criação do marido, mas a comida eu não tinha tido a chace de provar. E para minha felicidade: não só é superoriginal e com menu supercompleto, como suas porções são generosas e muito saborosas. Amei, amei, amei meu lanche de camarões com guacamole e minha vontade era provar todos.

dapraia

Carol foi de tiras de peixe fritinhas e se empolgou tanto quanto eu com seu pedido! Pra correr para o insta deles e acompanhar a agenda. Aqui! Você vai amar posar com seu Da Praia também, pode correr atrás do caminhão já. Minha próxima foto será com hambúrguer de salmão. Sentiu o apetite, né?

riva_jardins5

Dias produtivos são tão bons, não? Minha sensação de dever cumprido ao fim do dia foi das melhores e eu queria mesmo era ver tudo virando post! E, ufa, desejo realizado! O que acharam? Curtiram o tour paulistano? Foi uma delícia rir e trabalhar ao lado na cia da mocinha Rivete e a gente espera que você curta a novidade! É #rivanojardins, oba!