Moda Criativa
06 ago 2012

Salva-caminhadas ou Boniteza justa!

Depois que a vida de casada e mãe de um cachorro foi tomando forma, passei a olhar com olhos bem mais exigentes qualquer etiquetinha. Por mais que as vontades consumistas continuem crescentes (Por que ter tantas paixões, minha gente?), fui vendo que nem tudo merece um gasto e muito menos frequente. Ainda não sou o exemplo de auto-controle, mas fui percebendo que trocar o destino nas compras e nem me dar a oportunidade de olhar as mesmas necessidades com mais números, ajudam demais a criatividade e bons achados (e até mais orgulho ao usá-las!). Na minha rotina de caminhada + bus diária, sapatilhas e pisantes confortáveis estão quase pedindo refil. Judio das bonitas e morro de dó das delicadas. E foi aí que descobri que jamais vou me permitir gastar mais que cinquenta dinheiros num par do dia a dia. E tenho dito. E por mais que pareça impossível nas nossas buscas mal acostumadas, as Molecas aí de cima têm me surpreendido. E só por isso o cola-registro, afinal, pra quem sabe o que gosta de vestir, curte fazer seu próprio estilinho e dá o maior valor pra cada nova aquisição, números altos não estão com nada. Mais alguém aí compartilha um fofo e amigo achado? :) Inspirar-se em bonitezas incríveis vale sempre, mas conseguir enxergá-las nas econômicas, é mais legal ainda! Boa semana de muito lere lere, amigas-leitoras!
passeio
03 ago 2012

Velinhas entre onça, comes e churros!

Comemorar o aniver dessa caçula divertida e mais que best friend forever já é mais que tradição no cola e ela está certinha de até esperar por post. Afinal, quer motivo mais importante do que assoprar junto as velinhas de uma cola-baby que já está completando 21 aninhos? 

A semi-arquiteta dona do estilo mais típico,  com vocabulário engraçado próprio, paixão declarada por pop arte e proprietária da personalidade mais madura e carinhosa festejou com a família com muito estilo ontem. E aproveito seu “é pique” para dar a dica:  Bar da Dona Onça. Só poderia ser o aniver da Mimi. Cheio de graça, estampa e comidas nada leves, o bar/restaurante em pleno Copan merece uma visita e depois várias de repeteco… :) 

Já tinha ouvido falar? Eu não… Mas já anotei os mini churros na lista dos melhores docinhos que já provei na vida. E os petiscos gordos não ficam pra trás! Mimi, minha companheirona de caronas, conversas, pernadas da Augusta aos shoppings, passando por bons devaneios e paixões em comum, parabéns! Cola ainda espera por sua coluna que estreou há um ano e estranhamente não recebeu um único post… Será que perdi na minha caixa? (essa é a hora que você assobia para disfarçar) 

Beijo pra você e muita festa durante todo o finde! E bastante diversão para as cola-leitoras também. Amanhã, é Dia de Lojinha, hein?

retrô
01 ago 2012

Irresistivelmente vintage.

Uma passadinha boba pela manhã na padaria antes de mais um dia de #lerelere pode render boa surpresa e até ideias para combinações, décor e vontade de resgatar os designs mais icônicos e lindos para colorir ainda mais o lar. Duvida? Vai dizer que nada disso lhe viria à mente ao se deparar com essa caixa aí em cima? Já está aqui na minha frente embelezando a vista e me faz ter ideias de juntar outras caixinhas da marca para quadrinhos e crafts para o lar. É ou não é preciosa? A combinação inusitada de cores então, de morrer de amores. O design vintage quis dar bom dia por aqui e desejar boas ideias! E se pudessem sentir o sabor… Seriam até deslocadas para o “Almanara” mais próximo. Aham, para minha surpresa, tem um sabor típico árabe, dos sorvetes servidos na rede. Vai virar vício! Refrescante e deliciosamente inspirador. :) 


Quer ver o que andam fazendo inspirados pela bonitinha em uma googlada das mais rapidinhas? (Interruptor daqui, almofadas risonhas daqui e mesa desse post.) Mas ainda pensei que a própria de papelão e tudo também pode render artes. ;)



(A louca das epifanias momentâneas ataca outra vez!) Coladorou.

receita
29 jul 2012

Só na casa da avó tem ou Retrô aos dois.


Tem coisas que a gente deixa a correria do dia-a-dia empurrar sempre pra frente e aí, quando acontecem a gente se pergunta por que não faz isso toda semana e esquece as coisas mais bobas pra dar valor a esses momentinhos que importam tanto… E é assim com a visita à casa que cada cheiro e conversa remete a mil lembranças e faz relaxar de verdade num sábado de sol: a da Oma, ou uma das minhas avós, que já poderiam ter virado colunistas do cola, tantos são os relatos e materiais ou receitas registrados aqui. 


Hoje foi dia de almoçar com a das unhas na moda (Não me perdoo por não ter clicado as de hoje, eram dois tons de vermelho. Sim, porque sua nova façanha é usar uma filha única – termo que ela empregou, tá? – com cor mais escura! E aí? Devia ou não ter coluna?), cabelo recém saído do salão e casa perfumada de comidinha alemã que sempre faço questão de “encomendar”. A vontade é sempre previsível e eu nunca vou enjoar: são essas grandes bolas de massa de batata (com auxílio, amanhã colo o nome!), com cruton crocante dentro, acompanhado de repolho roxo com ameixa e de quebra um pernil macio. Só na casa da avó tem… 

Mas antes do ataque à mesa bonita, foi hora de conhecer as luvas que ela encontrou recentemente guardada e já virou ítem de decoração na cristaleira! Feitas em crochê por minha bisavó, a Oma contou que era a tendência mais charmosa da época de solteira e que sair sem elas à rua, nem pensar. Parou pra pensar na finesse? :) Falando nelas, Oma pede ajuda: está em busca de mãozinhas de manequim ou acrílico para deixá-las expostas melhor na estante. Merecem muito! Alguma sugestão? De tão fininhas (leia-se pra bem magrinhas), as mãos da neta aqui não puderam prová-las…


E de sobremesa com o café na xicrinha do casamento, a gente sorriu tanto para fotos antigas em vários álbuns que não pude deixar de clicar dessa vez o retrato que olho na sua casa desde que me entendo por gente: roupa de camponesa, cesta de ovos e uma saúde de quem deve ter acabado de devorar o bolo recém feito inteirinho. Será que os ares retrô liberty tiveram influência? Penso ao menos, que ao apresentar hoje em dia 1/2 das “maçãs” do rosto da infância, algum regime mal realizado surtiu efeito… Só na casa avó tem…

Depois de falar sobre tantas memórias e botar o papo em dia com direito a dica de marca de sapato e sugestão para um próximo look de casamento, o sábado voou e o recado de fazer o programinha bem mais vezes ficou anotadíssimo na agenda. Afinal, tarde de sábado só pra relaxar sem pensar em posts, conteúdo, trabalho ouqualquer arrumação, só na casa da avó tem! (E o relógio já diz que hoje é domingo! Bom dia a todas!)

impressões
01 jun 2012

#13pompons ou o mundo real e virtual tricotados


Não é surpresa nem novidade alguma falar que estar conectada faz parte há muito tempo dos meus hábitos, compartilhar cenas e contar amores é um mega hobby pra mim. Mas mesmo assim, ainda me pego muito surpresa quando os mundos virtuais e reais se misturam, por mais, que isso possa não ser nada surpreendente para a gente que tem amigas super próximas de blog ou que vive o dia de antes desconhecidos via instagram. Aham, e todo o blá blá blá de nosso louquinho dia a dia moderrrno. 


Mas, um fato me deixou mais uma vez ainda mais crente dos prazeres da vida compartilhada na web e suas descobertas. Poderia passar por baixo de uma árvore e não reparar em nada hoje. Sem olhar pra cima, sem ao menos me sentir tocada por uma faixa de tricô de pompons amarrada a um tronco bonito na calçada. Mas bem mais que isso, aquilo me fez abrir um super sorriso! Amei na hora a intervenção e apenas pensei em registrar pra lembrar da cena ou quem sabe reunir em um post dos mais coloridos. Publiquei no insta de todos os momentos: “Árvore de cachecol aqui na Bela Cintra”. 


Aí, vem a parte das maravilhas dos tricôs da vida real com o virtual. Uma amiga de insta, que não conhecia nem mesmo naquela rede, logo se manifestou e cutucou a amiga, aham, a dona do projeto! Sim, era um projeto! O #13pompons que eu jamais conheceria ou saberia que era uma obra criativa de uma mocinha do sul, a Letícia Matos, bem longe daqula Bela Cintra. Ela marcou minha descoberta e isso permitiu a visita a um monte de outros pompons coloridos em árvores, arbustos, postes, lojas, todos espalhados por lugares que a @leti_matos gosta ou já gostou. (Acompanhou?) Agora, fale… Tudo isso não é muito legal? Ou só eu acho fascinante esse tricô todo? Entre pessoas, epifanias, momentos e cliques? 



Como eu adoro essa integração toda. Alguém aí também sorri para pompons ou melhor para essa coletividade interativa? Ma Cola diz sim e pra sempre. Tão bom perceber que criatividade, intervenções e impressões podem ir loooonge… Assim como a gente pode trombar no meio da calçada. ;)


P.S.: E não que é os pompons já tricotaram até a lojinha querida que acompanho… virtuamente? A @cecile_, colega de todos os dias. Ò mundinho pequeno!

P.S.2: Visite o tumblr do 13 pompons! Sim, tem! http://www.tumblr.com/tagged/13pompons
impressões
23 maio 2012

Sabão, luva e make?

Aconteceu tudo muito rápido: fui jantar em um shopping, me deparei com mega cores vibrantes em prateleiras e carrinhos de mercado no meio do caminho, mocinhas aplicando uma maquiagem linda, novidades corais e pink nos provadores, luvas de cozinha e esponjas. Quando dei por mim, já tinha caído de amores por tudo e tinha um balm hidratante lindo nas minhas mãos que me pedia para ir pra casa. Aham, tudo assim, rápido e inconsciente. Coisas que só a maquiagem faz por você no fim de um dia de trabalho. 

Brincadeiras à parte,  MAC arrasou na ação de lançamento de sua nova coleção. E chamou baita atenção (juro que não fui só eu que caí direitinho!), deste mesmo jeito que contei. 

Inspirada na mulher que adora cuidar do lar, mas de forma divertida, leve e também fascinada pelo mundinho das compras, a marca lança cores luminosas, com tons super alegres. São esmaltes, blushs cremosos, batons, balms e sombras. Sei que voltei toda feliz com luva com strass, além do potinho “amaciante” de lábios. ;) É, meu moço, será que agora vou feliz assumir as funções do lar? Aham… Mas a luva pink já tenho! :) 

Que diferença não faz uma ação criativa, produtos originais e uma apresentação lindinha, não? A Ma de formação e espírito publicitários aqui sempre vibra.