Sem categoria
08 abr 2021

Home office e ar condicionado: qual a relação?

De home office e querendo driblar o calor com um ar condicionado? Que ele faz toda a diferença no seu ambiente de trabalho, isso não temos a menor dúvida! Vem com a gente papear sobre os segredos que esse aparelho faz para a sua produtividade e algumas dicas para melhorar sua rotina no home office!

Manter uma rotina é a regra de ouro

A rotina é sempre uma boa forma de manter o seu trabalho organizado e, principalmente, com um fluxo de produção que atenda à demanda no tempo certo. O que é muito difícil dentro de casa, não é mesmo?! Já que inevitavelmente acabamos misturando tempo de trabalho com o tempo de descanso. Então, tenha uma rotina!

Além de estabelecer uma rotina, o conforto no seu ambiente também é crucial. Há inúmeros estudos que falam que a temperatura no ambiente de trabalho pode ajudar ou atrapalhar a produtividade. E passar muito calor ou frio, convenhamos que não é muito agradável, não é?

Cuide do seu bem-estar. E é por isso que muitas empresas contam com bons ares condicionados para seus colaboradores. Faz toda diferença no dia a dia produtivo!

Home Office é o cenário atual

Hoje em dia, estando todos em um momento de home office, certamente você sente a diferença de produção quando o seu ambiente não está devidamente climatizado. Nossa mente acaba focando nas nossas necessidades físicas e deixando de lado a atenção com nossa pauta diária. Nessas horas, o papel do ar condicionado climatizando o seu ambiente deixa ainda mais agradável essa experiência que veio para ficar! Deixando ainda mais confortável e produtivo o seu home office.

Para escolher o ar condicionado que seja ideal para o seu home office, clique aqui. Ambientes climatizados é sinal de trabalho bem organizado e produtivo. Fica a dica!

Inspirações
18 nov 2020

Criatividade inspira produtividade: para você também?

{Criatividade é capaz de estimular sua produtividade?} Para mim, é o pontapé fundamental!

Abaixo te conto o que me dá gás na hora de colocar ideias para funcionar e me faz sentir “acordada” para novidades e eficiência nas minhas tarefas – no conteúdo e ilustrando com artes, marcas e materiais!

Imagem Celular A20 Samsung Brasil I Cadernos Cícero Papelaria

• Criatividade de materiais e recursos: ter ferramentas no on e offline que me agradem e sejam eficientes é indispensável – a criação flui com cores, energia, possibilidades de mídias, imagens, gadgets – sejam eles canetas e carimbos ou aparelhos e apps!

• Base para fazer as ideias fluírem: anotar sacadas, listar o que veio a mente, colocar no papel insights – agenda, caderno, blocos são aliados e não dispenso aqueles que me estimulem visualmente – se eu amo cor e criação, esse item também precisa inspirar!

Entre meus achados: cadernos Cícero na colab com Pantone, novo modelo Samsung Brasil, agendas artesanais Fabi Lopes e carimbos Veio na Mala


• Ver, estar em contato, admirar criações de produtos, manualidades e criações artísticas – estar no universo da criação me ativa boas ideias, cria novas conexões e faz a cabeça sair do lugar comum e produzir.

• Criatividade com humor – de memes, a vida está cheia e até neles há exercícios que estimulam o pensar de outra forma e sair do óbvio – taí um jeito legal de pensar diferente e nos colocar pra funcionar!

Entre meus achados: quebra-cabeça da ilustradora Veridiana Souza para Westwing, conjunto de canetas Westwing, bordados do projeto Confraria da Agulha por Ju Padilha e marca Nineedle por Nicole Sanches, e por fim e lindamente – aquarela da artista Ticiana Pinzon.

• Olhar para outras áreas criativas – partir do nosso segmento e olhar a criatividade em outros mundos me instiga e acelera minha produtividade – só de abrir um livro de culinária já me dá ânimo de ver outros processos e jeitos de fazer!

? E aí? Surgiram bons “gatilhos” criativos para sua produtividade!?

Inspirações
04 out 2020

Reflexões que a quarentena me trouxe

Lá no início do isolamento social, quando pouco sabíamos quanto tempo toda a mudança de rotina duraria e o quanto afetaria em nossas vidas, diferentes pensamentos foram surgindo e amadurecendo. Trago uma reflexão para cá, que muito pautou todo meu ciclo até aqui e trouxe novos significados para o dia a dia, valores, publicações, modo de trabalho e atuação.

Reflexões que a quarentena me trouxe

Se um dia pensei que deveria me expor menos como mãe, moradora de uma ilha, home officer, cuidadora da casa para parecer melhor profissional ou ser valorizada… Tudo isso a cada ano de amadurecimento pessoal caiu por terra. E hoje reflito cada vez mais sobre isso na quarentena, onde todas as esferas de cada um foram colocadas em um mesmo plano e passamos a enxergar que é o conjunto que define cada um e potencializa suas experiências e conhecimento. Nada precisa ficar de lado, nada precisa deixar de ser para que a outra função comece. Esse período de isolamento traz incontáveis durezas à sociedade, mas é uma grande riqueza nos equalizarmos sem importar onde quer que a gente esteja.

Seja no meio de SP, seja dentro de uma ilha, tudo pode fluir e acontecer: o conteúdo, a troca, o trabalho, a interação podem ser os mesmos. Curioso pensar que a conexão online sempre permitiu isso mas nem sempre foi tão claro para todos. Com filho no colo, com panela no fogo, com pausa para o entardecer… A vida pode acontecer com individualidade e nem por isso de forma menos completa e profissional.  O todo pode e deve fazer parte e hoje mais do que nunca está interligado e é fundamental.

O presencial e limites não são barreiras. Traz conforto saber que apesar de termos aprendido isso com um baque, vamos encontrar equilíbrio. Para guardar e relembrar. (texto que veio do Instagram, da data: 13.maio.2020)